Sobre o circuito

ARTE NA RUA PARA TODAS AS PESSOAS

118 cidades

12 A 28 DE AGOSTO DE 2022

12 - 28 AGO 22

VOCÊ, SEUS AMIGOS E FAMILIARES

SÃO NOSSOS CONVIDADOS!

  • ATIVIDADES GRATUITAS

  • 14 ROTEIROS ITINERANTES
  • 118 cidades

  • Apresentação

    O Circuito Sesc de Artes está de volta às ruas, praças e parques!

    Entre 12 e 28 de agosto as cidades serão tomadas por muita música, apresentações de teatro, dança e circo, oficinas de artes visuais e tecnologias, ações literárias e cinematográficas. 

    Nossa caravana itinerante faz suas andanças por 118 cidades do litoral, interior e Grande SP com cerca de 90 atividades gratuitas para todas as idades, estilos e gostos.

    Promovido pelo Sesc São Paulo em parceria com prefeituras municipais e sindicatos do comércio locais, o Circuito Sesc de Artes proporciona encontros e o contato com a arte e a cultura em sua diversidade.

    Chame todo mundo e venha para a Praça!

  • PALAVRA DO PRESIDENTE

    Mantendo rotas 

    Pautado pelo compromisso com o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, assim como de suas famílias, o Sesc, ao longo de 75 anos de atuação, fundamenta sua trajetória dedicando-se à responsabilidade social, à promoção de valores humanos e à formação de cidadãos. Constituído no âmbito do direito privado e sem fins lucrativos, compreende que as ações oferecidas em seus programas nas áreas de educação, lazer, cultura, saúde e assistência estimulam a convivência e a preservação de laços sociais de seus públicos.  

    Com seu modelo criado em 1946 pelo empresariado e até hoje mantido pela Federação do Comércio e pelos Sindicatos a ela atrelados, a instituição testemunha o crescimento e o desenvolvimento econômico de seus centros urbanos, nos quais mantém centros culturais e desportivos acessíveis à população. Desse modo, empreende esforços para contribuir com o fomento, a consolidação e o avanço das diferentes cadeias produtivas com as quais se relaciona, em especial pela realização do Circuito Sesc de Artes, ação que se articula pela criação, produção e difusão de programações artísticas gratuitas e para públicos diversos. Ao acontecer prioritariamente em municípios paulistas que ainda não possuem os centros do Sesc, em 2022 o projeto celebra a relação e a cooperação com prefeituras de 118 cidades, com apoio dos sindicados do comércio locais.   

    Mesmo diante das adversidades apresentadas pela pandemia da Covid-19, Sesc e municipalidades encontraram meios de conservar seus vínculos, ainda que à distância, por modelos e ações virtuais. Agora, de volta ao presencial, seguem a afirmar o comprometimento do empresariado em fomentar o desenvolvimento econômico, fortalecendo comunidades e instâncias produtivas na construção de cenários prósperos e dignos.   

    Abram Szajman
    Presidente do Conselho Regional do Sesc São Paulo

  • PALAVRA DO DIRETOR

    Seguir a encontrar, a imaginar  

    A profusão de linhas concretas que apontam para diferentes direções caracteriza as paisagens urbanas de nosso tempo. Ainda assim, há uma outra trama, conformada por aspectos humanos menos evidentes a olho nu e que mobiliza atenções permanentes para si: o tecido social. Tal malha é fruto do entrelaçamento de relações, diferenças ou impasses e que, com o caminhar do tempo, se encontra ainda mais constituída por uma diversidade de realidades e subjetividades distintas.   

    A recente pandemia da Covid-19 reiterou o quanto a vida contemporânea segue coletiva. Como parte de seus protocolos, os distanciamentos sociais transfiguraram práticas e represaram a circulação de afetos e expressões, pelo menos da maneira como estávamos acostumados a presenciar. Diante desse contexto, a cultura – esfera fundamental no estímulo à sociabilidade e aos pertencimentos – e a suas linguagens artísticas, também se viu restrita a determinados modos de produção e fruição, além de testemunhar o impacto em sua cadeia produtiva, de extrema relevância econômica. Os encontros por ela proporcionados entraram em compasso de espera, assim como os diversos espaços que por tais momentos eram atravessados e que, assim, estimulam vivências e partilhas.   

    Projeto que acontece desde 2008, o Circuito Sesc de Artes tem muito a comemorar em 2022, já que também viu suas dinâmicas alteradas em decorrência desse período. Dedicado à circulação e difusão de ideias e produções artísticas, o Circuito, depois de dois anos, volta a seu formato presencial, aportando em 118 cidades do interior, litoral e Grande SP. Por meio de parcerias com prefeituras e sindicatos do comércio locais – prioritariamente onde o Sesc não possui instalações -, busca contribuir com a afirmação dos espaços públicos como lugares democráticos e indispensáveis para o trânsito de experiências e aprendizados.   

    Com programações gratuitas e para diferentes idades, neste ano o projeto envolve mais de 500 profissionais das artes visuais e tecnologias, cinema, circo, dança, literatura, música e do teatro, em formatos variados como oficinas, vivências, intervenções, mediações de leitura, shows, espetáculos e ciclos de formação. Ao ocupar lugares públicos com tais atividades, reforça a perspectiva do desenvolvimento humano e a dimensão socioeducativa que a cultura possui, além de sua capacidade de gerar renda a profissionais das mais diversas áreas e ofícios.   

    À medida que observa a coexistência de estéticas tradicionais e experimentais como marca de uma cultura multifacetada, a edição desse ano também compreende que a diversidade de expressões originárias de diferentes corpos e ancestralidades é objeto incontornável na direção de convívios compartilhados, que sejam plurais e dignos. Assim, as manifestações artísticas características de nosso tempo refletem um cenário que se almeja mais equânime entre sujeitos e suas culturas, proporcionando a construção coletiva da memória, narrada nos espaços em que pisamos, fruímos e celebramos – juntos!  

    O bem-estar que caracteriza a missão do Sesc está intimamente ligado ao entendimento de que nossas ruas e praças são locais de livre e irrestrito acesso. Mas, sobretudo, é onde acontecimentos, por mais efêmeros que sejam, promovem a vida; e, junto a ela, permitem que possamos aprender, nos emocionar, encontrar (e descobrir) novos pares. O Circuito Sesc de Artes tem o privilégio de acompanhar a trajetória de nossa sociedade promovendo a cultura de modo a ampliar nossas experiências cotidianas e inspirar a aventura humana.   

    Danilo Santos de Miranda – Diretor do Sesc São Paulo