Blog
06/09/2021

É coletivo

Imagens e fazeres

Se esse muro, se esse muro fosse meu…

Bastidores do minidoc “Cores Urbanas” | Foto: Cinara Di Ciommo

Intervir nos espaços urbanos por meio de expressões artísticas pode ser uma estratégia interessante para estabelecer diálogos com a comunidade e discutir formas de habitar as cidades, pensar suas dinâmicas sociais e construir memórias coletivas.

No Circuito Sesc de Artes 2021, dezenas de artistas e grupos de diferentes regiões do estado se apropriam de espaços públicos, em cidades do interior, Grande São Paulo e litoral, para, através de sua arte, em práticas, em geral, coletivas, contribuir para a valorização desses territórios.

Os processos, resultados e trocas propiciados por essas intervenções urbanas são compartilhados, de 8 a 19 de setembro, nas redes sociais de unidades do Sesc.

Logo no dia 8, o Sesc Ribeirão Preto apresenta a colaboração dos artistas Clara Cauchick, de Ribeirão Preto, e Rafael Mandu, de Brodowski, em um muro próximo ao Museu Casa de Portinari, instituição sediada na cidade de Rafael. No mesmo dia, começa a Ocupação Visual Lambertioga, que segue até o final do Circuito, com lambe-lambes espalhados em muros da cidade litorânea. A cobertura do trabalho dos dez artistas locais envolvidos na ação ocupa as redes do Sesc Bertioga.

Coletividade, emoções, juventude e tempo pautam o trabalho dos artistas Pablo Rodrigo, Felipe Rezende (IFI), Reginaldo de Almeida (BK) e Guilherme Mogli, que farão interferências simbólicas em muros de Cruzeiro, Lorena, Guaratinguetá e São Bento do Sapucaí, no Vale do Paraíba. As intervenções envolvem também artistas locais e serão compartilhadas nas redes do Sesc Taubaté a partir do dia 10.

No dia seguinte, ​​o Sesc Bauru passa a revelar o processo da artista bauruense Mari Monteiro na elaboração de um mural em Marília, inspirado na obra poética Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga – da qual vem o nome desta cidade.

O canal do Sesc Guarulhos no YouTube, estreia, no dia 16, o minidocumentário Cores Urbanas, que apresenta o encontro de quatro artistas de diferentes cidades – Renan Rea, de Santa Isabel; Tchuca, de Arujá; Katia Suzue, de Mairiporã; e Magoo, de Guarulhos. Enquanto grafitam um muro, falam sobre suas trajetórias e o desenvolvimento da arte urbana nos lugares onde vivem.

No dia 18, o Sesc São Caetano exibe em suas redes o resultado da batalha entre os artistas João Galera, Fabrício Urbaneja e Milena Paulina para criar, imprimir e espalhar por São Caetano do Sul e Itaquaquecetuba uma série de lambes de ilustrações ligadas a pontos simbólicos e afetivos das duas cidades.

Os lambes – unidos à escrita criativa – são utilizados também pelos coletivos (A)gente e Afrocena, da Baixada Santista, para espalhar “lambidas poéticas” por ruas, muros, postes e muretas de Cubatão, subvertendo o olhar cotidiano da população local. O Sesc Santos compartilha em suas redes, entre os dias 18 e 19, o resultado da ação.
Encerra essa série de programações voltadas à intervenção artística em espaços urbanos, a collab das grafiteiras Bianca Foratori, Daniela Franbez, Kelly Reis e o Coletivo Bicho de Tinta em uma pista de skate da cidade de Eldorado, no Vale do Ribeira, com artistas locais. O Sesc Registro conta tudo pra gente em suas redes no dia 19.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog
VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação