Blog
15/09/2021

Coisa de criança

Dedo de prosa

Histórias da nossa terra

Imagens e fazeres

Som na caixa

Cantos, sabores, artes e prosas: embarque em uma viagem pelas culturas e tradições do interior de SP

Tá sentindo o cheirinho do café da roça? Ouvindo o som dos acordes da viola? Recordando alguns causos, sabores, pontos e prosas? Então você já está entrando nesta viagem pelas culturas do interior do estado de São Paulo. O Circuito Sesc de Artes desperta esse sentimento em nós: uma mistura de nostalgia com uma vontade de se jogar na estrada. 

Neste ano, o Circuito ganhou um novo formato, as praças digitais, mas segue com o mesmo propósito: que o público possa experimentar uma diversidade de programação em diferentes formatos e linguagens. E a boa notícia é que as atrações agora extrapolam as barreiras geográficas e chegam a outros territórios, assim como as tradições tão presentes no cotidiano das cidades do interior. 

Vem com a gente descobrir algumas das riquezas artísticas das cidades e diferentes manifestações culturais! Nada melhor, então, do que começar entendendo o que é ser caipira. Quem explica, entre uma xícara de café e um fandango – estilo musical caracterizado pela sua dança – é o Bruno Sanches, musicista e mestre em Etnomusicologia. Descubra neste vídeo, do Sesc Thermas de Presidente Prudente, o que o matuto tem a dizer sobre a roça, com canto e poesia. 

O cafezinho com o Bruno estava bom, mas faltou um quitute? As quituteiras da Fazenda São Luiz trazem sabor para a nossa prosa! As cozinheiras Carmelita Lopes e Clarice Candido Ferreira dos Santos relembram histórias da propriedade enquanto apresentam receitas da culinária regional feitas com ingredientes plantados na fazenda. Assista ao bate-papo no YouTube do Sesc Ribeirão Preto.  

Carmelita Gomes e Clarice Cândido | Foto: Matheus Doninha

Quem também gosta de quitutes de dar água na boca é o Sacy. Nesta websérie com quatro episódios, a especialista em culinária afro-brasileira e valeparaibana Solange Barbosa ensina as receitas favoritas dele E quem acha que o travesso personagem folclórico só curte piruá está muito enganado! Ao lado da equipe da comedoria do Sesc Taubaté, Solange mostra o passo a passo de alguns pratos. Vamos para a cozinha! 

Esticamos um pouco mais a nossa parada no Vale do Paraíba para conhecer lugares como os museus Felícia Leirner e Zé Pereira, além do trabalho do pintor José Carlos Monteiro. Em uma plataforma digital, você faz um passeio virtual com o Mapa Interativo: Cultura no Vale, que reúne uma série de informações sobre tradições, curiosidades e lugares pouco conhecidos da região.  

Mas se você prefere uma boa moda de viola, a dica é ouvir a história da Flor Morena, na série Violas e Histórias do Sesc Araraquara. Num bate-papo musical, Flor fala sobre sua relação com a música, com a viola, com seu pai e também sobre o início de sua carreira. Este é o segundo episódio da série, que traz violeiros e violeiras convidados para gostosas conversas a respeito do instrumento, sua força e ancestralidade. 

Os violeiros Fabiola Beni, Fabius e Du Viola, todos nascidos em cidades do noroeste paulista, também mostram que a força da viola e a beleza do seu som continua presente, e se renovando, não só no interior paulista. Neste vídeo, do Sesc Rio Preto, eles conversam sobre o cancioneiro caipira e outras paixões que têm em comum. 

A viola caipira também é o tema da conversa com o maestro Marcelo Sarti, da Orquestra Torrinhense de Viola Caipira. No vídeo, do Sesc São Carlos, embarcamos com ele pelo universo das tradições caipiras, com música e muita história. Vem ver: 

Da viola, partimos para os quadrinhos da Comunidade Yuba. Já ouviu falar? Pelo traço típico das HQs, o quadrinista Orlandeli se debruça sobre a história da Associação Comunidade Yuba, uma comunidade agrícola fundada em 1935 pelo imigrante japonês Isamu Yuba em Mirandópolis (SP). O trabalho aborda a história dessas famílias nipobrasileiras, sua relação com a produção de alimentos e a importância da arte em suas vidas. As tirinhas de desenhos estão no Instagram do Sesc Birigui

As artes manuais também estão presentes na nossa viagem. O Mescla: Ateliê de Criação Coletiva vai mostrar o resultado da criação de uma obra de cerâmica feita a partir da troca e interação entre as artistas Vanete Muniz e Jamila Cruzado. Acompanhe os vídeos com o processo de criação no YouTube do Sesc Registro

E, é claro, tem programação para as crianças! A primeira sugestão é a série “Contos Caipiras, Capiaus, Matutos e Caboclos”, com a contadora Poliana Savegnago. Em quatro contos inéditos, cada vídeo, disponível no YouTube do Sesc Jundiaí, traz um pouco da sabedoria dos moradores das roças e tantos interiores deste nosso Brasilzão.  

A segunda dica é Cafuné, que promete divertir até os mais crescidinhos. Transmitido ao vivo, o espetáculo da Cia. Tempo de Brincar reúne canções originais inspiradas na cultura caipira, nas festas tradicionais e nas composições do maestro Villa Lobos. Em um cenário supercolorido, a apresentação multidisciplinar, direto do palco do Sesc Sorocaba, mistura dança, artes visuais, música e performance. Assista no YouTube do Sesc São Paulo, no dia 18/9, sábado, às 15h. 

Foto: Lilian Ambar

Antes de fecharmos as malas e nos despedirmos, deixamos um convite para você visitar outras programações do Circuito Sesc de Artes nas redes sociais das unidades do Sesc São Paulo. Lá você vai encontrar os mais diversos conteúdos de dança, música, circo, literatura, artes visuais e tantos outros. Tudo de graça, para você ver de onde quiser e na hora que preferir.   

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR no blog
VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR programação