Blog

ARTE NA RUA PARA TODAS AS PESSOAS

118 cidades

12 A 28 DE AGOSTO DE 2022

12 - 28 AGO 22

União e Memória

Oi Trindade do Embu vem subindo a ladeira da vida

Oi Trindade do Embu vem subindo, vem vindo de lá

Oi Trindade do Embu, essa estrada é longa e comprida

Não importa o destino, o importante é seguir caminhar.

Às vezes parece que as coisas vão tomando rumos tão diferentes. É quase como se fôssemos conduzidos para lugares que não estávamos planejando, mas no final faz todo sentido. Até o Domingo ( 22/4), eu não tinha postado nada específico sobre as apresentações do Grupo Bongar nas redes. Até ia colocar alguns trechos da apresentação que fizeram em Taboão da Serra, mas com a correria acabei não tendo tempo. Mas era pra ter sido ali, em Embu das Artes.

Parecia que seria mais uma grande apresentação do grupo, como foram tantas outras, mas estávamos naquela cidade mística, de história, da arte e da luta da família Trindade. Guitinho, vocalista do Bongar, falou da felicidade que teve quando soube que iriam para lá, que era um sonho antigo estar ali naquele lugar, sobretudo porque tinham a esperança de encontrar Raquel Trindade fisicamente, essa grande figura de resistência, mulher que com sua arte soube seguir com o legado de Solano Trindade.

“Mas no corpo e na alma ela tá sempre com a gente. Eu tive a oportunidade de sentir o sorriso dela, o eco que bate no coração”, disse emocionado antes de chamar o músico Vitor da Trindade, filho de Raquel, para tocarem juntos. (Mais tarde, perto dali seria realizada a missa de 7o Dia do falecimento de Raquel).

Tinha que ter sido ali, um grande encontro que se deu entre Vitor, o filho de Raquel, o Grupo Bongar e a homenagem que fizeram junto com o grupo Maracatu Bloco de Pedra. Uma união que só a sensibilidade humana e a arte podem proporcionar. A emoção estava nos rostos, nos olhos e a batida forte do Maracatu tocava o coração de todos que ali estavam.

A Negra Rainha de rara beleza

Sorriso Solano, o céu clareou

Estrela Trindade, Embu das Artes

Com sua palavra, o mundo ecoou

A gente acredita que as pessoas não morrem elas se encantam, elas se plantam

Então a Raquel, ela se plantou. Ela tá plantada nas pessoas

Guitinho, vocalista do Grupo Bongar

Texto e Vídeos: Ronaldo Domingues