Blog

ARTE NA RUA PARA TODAS AS PESSOAS

118 cidades

12 A 28 DE AGOSTO DE 2022

12 - 28 AGO 22

12 cãezinhos que deram show no Circuito

Depois de um longo e cansativo dia de trabalho, nada como chegar em casa e ser recebido aos pulos de alegria. O rabinho balançando já te desmonta todo, e você logo se sente amado e feliz. Às vezes rola até um xixizinho de tanta emoção. Só quem convive com um cachorro sabe o quanto eles são especiais.

E claro que toda essa ternura não se limita ao ambiente doméstico. No quesito alegrar o ambiente, eles também arrasam em ruas e praças. Preparamos aqui uma lista de interveções caninas que rolaram durante o Circuito Sesc de Artes 2019. Confira!

  1. A Turandot foi a primeira a entrar no clima do Circuito. Vestiu a inconfundível camiseta amarela da equipe de organização e partiu para o roteiro 3!

  1. Alguém aí conhece um cachorro roqueiro? Enquanto o show da banda Maglore rolava em Areias, este fã especial curtia tudo de camarote na maior good vibe.

 

  1. Mas é claro que as preferências caninas pela arte não se limitam apenas à música. Quer dançar, quer dançar? Este cão vai te ensinar!!! Se liga na sintonia dos movimentos entre o cationríneo e um integrante do grupo Discípulos do Ritmo & Convidados, em Itariri.

 

  1. Curtir um filme em realidade virtual exige certa atenção, já que o expectador fica com a visão totalmente restrita aos óculos especiais. Sorte sua se tiver um amigo que te protege enquanto você se diverte. Esta parceria aconteceu em Atibaia.

 

  1. Em Itapetininga, antes de o espetáculo “Sanfona Velha do Fole Furado” começar, a artista Cris Miguel contou com presenças ilustres enquanto se aquecia para a apresentação. Mas essa pose aí foi só pra foto, viu?! Depois do clique, o doguinho continuou curtindo seu momento artes cênicas.

 

  1. Também é de se admirar o deboismo canino durante um espetáculo de teatro. Este aí se comportou direitinho enquanto seu amigo bípede apreciava a apresentação da Cia. Vagalum Tum Tum em “Henriques”, que rolou na cidade de Itatiba.

 

  1. Tem dogs que gostam de multidão, tem dogs que que não. Este aí preferiu um colinho da mamãe, enquanto o circuito rolava em Areias.

 

  1. “Ai de você se me deixar em casa!” Foi em um tom quase ameaçador que este valente poodle convenceu seu dono a levá-lo para a praça de Cruzeiro. E vale uma constatação: observe como a arte transforma! Valentia por meiguice em 3, 2, 1…

 

  1. Realmente, em uma tarde abafada, a melhor solução é pular na água. Este é um antigo conhecido da Praça Nove de Julho, de Cruzeiro. Ele é um expert em pular na fonte. Agora, pra sair da água, o pedido de ajuda é sempre o mesmo: “au au au!”

 

  1. Esta foto foi enviada por um fotógrafo amador desconhecido. Mas dela podemos tirar uma lição: precisaremos reservar mais cadeiras na próxima edição do Circuito.

  1. Tá achando que rolezinho é só pra homo sapiens??? É nada. Tá aí a prova!

  1. Depois de uma tarde intensa de espetáculos e oficinas em São Roque, este aí optou por um momento de relaxamento com a mediação de leitura com a Coletiva Lobas. Descanso merecido, não?

Texto: Anderson Carvalho
Imagens: 01 – Paola; 02 – Alisson Sbrana; 03 – Sesc Itaquera; 04 – Anderson Carvalho; 05 – Lilian Ambar; 06 – Rafael Castori; 07 – Alisson Sbrana; 08 – Alisson Sbrana; 09 – Alisson Sbrana; 12 – Mirella Ghiraldi.