Você sabe o que é o tecnomisticismo?

De um lado, um locutor anuncia promoções entremeadas por canções de estilos variados. Do outro, o burburinho do público se mistura com os barulhos rotineiros da cidade. Provocações como “vai um espetinho aí parça?” e “chip da viiivo, da claaaro e da ooiiiii”, mais parecem mantras que soam pelo ambiente.  E é nessa mistura que o Circuito Sesc de Artes se encontra. Mistura inclusive que faz parte essencial do que é a dinâmica do projeto. Linguagens se resvalam e muitas vezes há o encontro do velho e do novo. Este é o caso da atividade ‘Amuletos na Impressora 3D’, dos caras do Sítio do Astronauta.

Confira no vídeo abaixo um pouco do que consiste a atividade:

O estudante Henrique estava de passagem e acabou sendo o primeiro participante a ter a sua energia medida pelos instrumentos tecnomisticos dos caras. O jovem tirou o Muiraquita, um símbolo que representa um presente oferecido pelas Amazonas. O jovem gostou, porém, conectado que é, disse gostar mais do USB.

Essa é a prova de um novo imaginário simbólico emergente.

Henrique com seu amuleto

Dona Cleia, que mora pertinho, naquele prédio ali, disse que pra ela a escolha ficou perfeita. Ela tirou o Tear.

“Tem tudo a ver comigo! A minha filha mexe com crochê e eu adoro qualquer coisa de criação manual, artesanato. Adoro! Achei a atividade fantástica; vocês estão de parabéns!” – Dona Cleia

Que isso Dona Cleia, a senhora é que está de parabéns. Um amor de pessoa.

Dona Cleia feliz com seu amuleto

Porém, a história mais fantástica ficou por conta do aeronauta Marco Antônio de Rosa. O símbolo dele foi o Yin Yang.

“Cara, ontem mesmo eu recebi uma mensagem de um grande amigo meu que fazia referência a este símbolo. Ele está bem doente e me escreveu uma mensagem muito linda. Então foi uma grande coincidência” –  disse um Marco Antonio emocionado.

Marco Antonio e seu Yin Yang

Coincidências a parte, de uma pura brincadeira com símbolos e o imaginário humano, surgiram histórias e conexões verdadeiras.

Será que essa parada de tecnomisticismo funciona mesmo? Bom, eu já tenho o meu amuleto. E você, não ficou curioso para saber qual seria o seu?

#CircuitoSescdeArtes

Escrito por:

Willian Lopes de Abreu

Posts Relacionados

Comentários