Muito axé! O legado do Mestre Quim

Difundir a cultura e resgatar a tradição da cidade, atender de forma as necessidades dos artistas da cidade, criar o plano municipal de cultura que atenda a formação cultural e expandir cada vez mais as atividades culturais que permeiam a região é uma das premissas de Itaquá!

Hoje o Mestre Quim é o atual Secretário Municipal de Cultura de Itaquaquecetuba graças ao longo trabalho dedicado à Cultura na Cidade. Com vários projetos de cultura e formação social desenvolvidos nesses 30 anos, Joaquim Sebastião da Silva foi escolhido para ocupar um cargo merecido na cidade.

Mais que um articulador cultural, foi fundador da Associação de Capoeira Poesia da Libertos em 1980, um dos fundadores da ABRACAP, participou do movimento para reconhecimento do Dia Nacional do Capoeirista em dia 3 de agosto de 1985, foi representante do CNAB do Alto Tietê e trabalhou em vários projetos como: Casa Aberta para infância e juventude, Casa de apoio para infância e juventude e o Centro Cultural de Itaquá.

Em Suzano atuou desde de 2005 no projeto descentralização de Cultura como oficineiro e articulador cultural com manifestações culturais e oficinas de capoeira nos bairros: Novo América, Associação de Moradores do Jardim Maitê, Centro Cultural de Palmeiras e Cras de Palmeiras, Centro Cultural do Colorado, Caica, Boa Vista, Casarão das Artes, Pavilhão da Cultura Afro Brasileira Zumbi dos Palmares, Casa Branca no Ponto de Cultura Nossas Raízes fez oficinas de capoeira em parceria com o Centro de Convivência de Suzano com adultos portadores de necessidades especiais ajudando na inclusão social. Participou ainda do Projeto Roda de Todos os Santos.

Mestre Quim também foi eleito por unanimidade, junto com mais cinco pessoas para a Comissão de Preservação da Capoeira como Patrimônio Cultural. A iniciativa, em prol da capoeira, tem o objetivo de valorizar e tornar essa expressão artística mais forte a cada dia – “Esperamos que a cada dia, mais capoeiristas iram aderir à comissão para reivindicarmos o que é nosso por direito”, afirma Mestre Quim.

Esse é o guerreiro Mestre Quim que agora tem uma grande missão na cidade!

Muito Axé, mestre Quim!

Texto: Fabíola Tavares

Gostou dessa história? É essa a versão que você conhece? Você pode contribuir com suas memórias e complementar nos comentários abaixo com a sua versão dos fatos.

Se você tiver alguma dúvida sobre a programação do Circuito Sesc de Artes, por favor, entre em contato através do Fale Conosco do site, clicando aqui.

Posts Relacionados

Comentários