Eu quero ficar com ele!

Os olhos arregalados e atentos anunciavam o entusiasmo do pequeno Cadu pelo enorme papel branco colado ao chão. As tintas coloridas e as formas irregulares das pinturas aguçavam a imaginação das crianças que assistiam a performance interativa Flou! do artista basco Ieltxu Ortueta no Sesc Campo Limpo.

A cada pincelada, o papel ganhava cores e formas. Ao ver o artista precisando de ajuda, Cadu logo se voluntariou. No primeiro olhar, ali, destacando-se das crianças tímidas, sem cerimônia e sem querer, nasceu uma amizade.

As expressões do garoto eram de quem estava gostando de desbravar com seu mais novo amigo, Ieltxu, todo aquele espaço. A colaboração e o empenho do ajudante, que corria com o pincel na mão, arrancavam risadas do público.

Os rabiscos feitos ao som de Gil Fuser, tomavam vida ao se entrelaçarem nas formas abstratas, que após o toque final dos artistas mirins, eram recortados e viravam desenhos individuais, personalizados e gigantes. Além de mexer com o imaginário e exercitar a coordenação motora das crianças, a atividade fascinou também os adultos, que sentados no chão olhavam para o colorido e a tela improvisada com o mesmo encantamento de seus filhos.

Na hora de dizer adeus, Cadu não queria ir embora. “Eu quero ficar com ele!”, disse o pequeno artista com toda convicção no auge de seus dois anos de idade. A amizade que nascia ali, em uma hora de espetáculo, era tão genuína que não precisava sequer de uma palavra.

Escrito por:

Bianca Lemos e Ronaldo Domingues

Posts Relacionados

Comentários